Autoescolas: as mudanças do setor para 2022

Autoescolas: as mudanças do setor para 2022

Autoescolas: as mudanças do setor para 2022

Hoje elas são chamadas de Centros de Formação de Condutores, mas as autoescolas do Estado passaram por muitas transformações nos últimos anos, e o nome talvez seja dentre as mudanças, a coisa mais simples que aconteceu. Até 2014 o sistema de fiscalização não era eficaz, permitindo que muitos alunos não cumprissem a carga horária completa dos cursos de aprendizagem, facilitando ocorrências de fraudes pelas autoescolas.

Por todos estes motivos, o estado era mal visto no quesito de formação de condutores, mas em 2015, com a posse da nova diretoria do Sindicato dos Proprietários de Centro de Formação de Condutores, o SINDCFC – PE, o cenário começou a mudar.

“Foram implementadas novas tecnologias que facilitaram à fiscalização exercida pelo Detran às 320 unidades de autoescolas credenciadas no estado em 2015. O SINDCFC-PE propôs mecanismos tecnológicos de fiscalização já existentes em outros Estado, como o sistema de monitoramento das aulas de direção veicular da categoria A e B, com identificação eletrônica do aluno mediante reconhecimento facial, GPS do percurso que o aluno percorreu em aula, contando ainda com captura de fotos aleatórias no decorrer da aprendizagem, comprovando que o aluno estava na condução do veículo durante a aula de prática veicular”, afirmou Ygor Valença, presidente do Sindicato. Hoje até a prova prática é monitorada e filmada, permitindo ao alunos eventual acesso às gravações.

Diretoria do SINDCFC-PE. Da esquerda para a direita, Fábio Gusmão, o presidente Ygor Valença, Jorge Viana, Thiago Muniz, Erivaldo Soares e André Murilo | Foto: Divulgação

Enquanto as mudanças deixavam Pernambuco num patamar diferenciado, oferecendo  segurança e qualidade na formação destes condutores, veio a pandemia. Devido as medidas preventivas impostas para tentar conter o avanço da doença, as autoescolas e os Departamentos Estaduais de Trânsito tiveram suas atividades interrompidas, e no seu retorno, com redução da sua capacidade de atendimento. “Os Centros de Formação precisaram, mais uma vez, avançar com mudanças impostas pelo novo cenário que se formou.  Era preciso se adaptar e evoluir em qualidade especialmente com relação aos cursos teóricos que agora também são oferecidos na modalidade de ensino remoto conectado.

Outro desafio era o atendimento da demanda “represada” durante o período de suspensão das atividades. Com o retorno, mesmo que gradual dos serviços, o resultado foi uma “bola de neve” de demandas de alunos antigos e novos, demorando mais que o esperado para conseguirem a habilitação”, completou o presidente. Antes da pandemia, era possível a obter a CNH em até 03 meses, mas em decorrência da pandemia, esse prazo chegou a demorar mais de 12 meses agora em 2021.

Ygor Valença, presidente do SINDCFC PE e vice presidente da FENEAUTO | Foto: Divulgação

Foi justamente este cenário, que obrigou novamente os empresários, representados pelo Sindicato, a irem às ruas em busca de celeridade na demanda dos exames de seus alunos. Foi realizada uma manifestação que reuniu todos os donos de autoescolas da região metropolitana numa carreata até o Palácio do Governo e que abriu um diálogo entre donos de CFC’s e a administração do DETRAN.

Imagens da mobilização realizada pelo SINDCFC PE no dia 27 de setembro de 2021 pela celeridade, descentralização e desburocratização dos processos para retirada da CNH | Foto: Divulgação

As autoescolas se remodelaram e continuam em mudanças para melhor atender seus clientes. O próximo ponto que está prestes a mudar são os valores pagos no processo no processo de obtenção da habilitação. “Os valores dos serviços prestados pelos CFC’s no Estado seguem o disposto numa Portaria do Detran e desde a sua publicação, em 2018, não sofreram qualquer revisão, mesmo que o período tenha acumulado forte inflação. De 2018 a 2021 foram 53% de inflação, e somente a gasolina, principal insumo da aula de direção veicular, acumulou 74% de aumento. E, durante a pandemia e por acreditarmos que a CNH poderia ser um diferencial na recolocação profissional, mantivemos os preços nos termos estabelecidos pela Portaria Estadual. Mas diante do atual cenário os valores ficaram impraticáveis”, afirmou Ygor.

E como até os preços dos veículos teve uma alta neste mesmo período, os empresários do segmento acreditam que isso vai refletir também no valor do IPVA 2022. Por estes e outros motivos já foi protocolado junto ao Detran PE um ofício formal solicitando uma revisão dos valores previstos em Portaria. Ou seja, aqueles que desejam tirar a tão sonhada carteira de motorista ou queiram classificar a sua CNH devem se matricular na autoescola de sua preferência o quanto antes, ainda este ano.

Por Folha Conteúdo09/11/21 às 08H00 atualizado em 09/11/21 às 08H19
Matéria original: https://www.folhape.com.br/

 

Começa a Vacinação para Funcionários das Autoescolas do Recife

Autoescolas sendo vacinadas. Segurança para todos!

Mais uma conquista do SINDCFC-PE.

Requerimento n° 3786/2021 de autoria do Vereador Davi Muniz é atendido e Professores e Funcionários de Auto escolas do Recife serão imunizados

Atendendo ao requerimento n° 3786/2021 de autoria do Vereador, Davi Muniz, o prefeito do Recife, João Campos, incluiu os professores e Funcionários de Auto escolas na atual fase do Plano Municipal de Vacinação. Os mesmos deverão agendar a data para receber a primeira dose da vacina através do aplicativo Conecta Recife.

De acordo com o vereador, o prefeito do Recife, através deste ato, contribui de forma eficaz para a retomada das atividades da categoria, que atende a população recifense de maneira bem ampla, e vem sofrendo com os impactos causados pela pandemia.

Fonte: Blog Edmar Lyra

Carteiras de habilitação vencidas em 2020 terão um ano a mais de validade

Está em vigor, a partir de hoje, a resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) que restabelece os prazos para a regularização das CNHs (carteiras nacionais de habilitação) vencidas.
Segundo a nova resolução, os documentos de habilitação vencidos em 2020 ganharam mais um ano de validade. Com isso, a renovação das CNHs vencidas em 2020 ocorrerá de forma gradual, de acordo com um cronograma estabelecido no documento.
A medida inclui também a ACC (Autorização para Conduzir Ciclomotores) e a PPD (Permissão Para Dirigir), documento provisório utilizado no primeiro ano de habilitação do condutor. Pelo texto, a renovação ocorrerá com base no mês de vencimento do documento.
Ainda de acordo com a resolução, para fins de fiscalização, qualquer documento de habilitação vencido em 2020 deve ser aceito até o último dia do mês correspondente em 2021.
A medida, publicada no último dia 24, revogou uma portaria publicada em março pelo órgão, que suspendeu os prazos para a renovação das CNHs, aplicação de multas, transferência de veículo, registro e licenciamento de veículo novo, entre outros, em razão da pandemia do novo coronavírus.
Cronograma de renovação de CHNs vencidas
• Data de vencimento: De 1º a 31 de janeiro de 2020 Período para renovação: De 1º a 31 de janeiro de 2021
• Data de vencimento: De 1º a 29 de fevereiro de 2020 Período para renovação: De 1º a 28 de fevereiro de 2021
• Data de vencimento: De 1º a 31 de março de 2020 Período para renovação: De 1º a 31 de março de 2021
• Data de vencimento: De 1º a 30 de abril de 2020 Período para renovação: De 1º a 30 de abril de 2021
• Data de vencimento: De 1º a 31 de maio de 2020 Período para renovação: De 1º a 31 de maio de 2021
• Data de vencimento: De 1º a 30 de junho de 2020 Período para renovação: De 1º a 30 de junho de 2021
• Data de vencimento: De 1º a 31 de julho de 2020 Período para renovação: De 1º a 31 de julho de 2021
• Data de vencimento: De 1º a 31 de agosto de 2020 Período para renovação: De 1º a 31 de agosto de 2021
• Data de vencimento: De 1º a 30 de setembro de 2020 Período para renovação: De 1º a 30 de setembro de 2021
• Data de vencimento: De 1º a 31 de outubro de 2020 Período para renovação: De 1º a 31 de outubro de 2021
• Data de vencimento: De 1º a 30 de novembro de 2020 Período para renovação: De 1º a 30 de novembro de 2021
• Data de vencimento: De 1º a 31 de dezembro de 2020 Período para renovação: De 1º a 31 de dezembro de 2021.